FALTA DE ÁGUA E DORES NAS COSTAS

Acidez estomacal, dor no peito, enxaqueca, colite, asma, pressão alta, diabetes, colesterol, depressão, perda de libido, fadiga crônica, lupus, esclerose múltipla, distrofia muscular,… Você sabia que essas e outras doenças podem ser causadas pela desidratação do nosso organismo?

Outros problemas que a água também pode previnir e tratar, são as dores reumáticas das articulações e as dores lombares. A artrose pode ser um sinal de falta de água nas articulações e pode afetar tanto aos jovens como aos adultos. O uso de analgésicos não resolve o problema e a enfermidade prosseguirá. Tomar água pode aliviar a dor ou resolver este problema.

Já a dor nas costas e a degeneração discal, podem ser sinais de falta de água nos discos intervertebrais – os amortecedores que suportam o peso do corpo. No tratamento dessas moléstias, devem ser incluído o aumento de água a ser ingerida diariamente – de 2 a 3 litros de água por dia.

Cuidado! Ao não reconhecer que a dor nas costas é um sintoma que pode estar relacionado a desidratação das articulações e ao tratá-la com analgésicos, massagens, acupuntura e eventualmente cirurgia, com o passar do tempo, as células das cartilagens das articulações, continuarão a se degenerar podendo causar uma deformação da coluna e até a incapacidade física.
Beba muita água!

E se você sofre de dores nas costas e deseja saber as causas, visite uma de nossas unidades.

Em Jundiaí entre em contato pelo (11)4521-2437 ou (11)97090-4410.

Ligue e agende uma consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *